OLHANDO ATRAVÉS DE VOCÊ

leia com o coração e sinta …Beijos de luz em seu coração…Fran

OLHANDO ATRAVÉS DE VOCÊ
Ramtha,
através de ]. Z. Knight

Durante eras vocês aprenderam que Deus está fora do seu domínio, em algum lugar nas profundezas do espaço. Muitos de vocês têm acreditado nisso e aceitado isso como uma verdade.

Porém Deus, a causa principal de toda vida, nunca esteve fora de vocês – ele é vocês.

Ele é o maravilhoso processo de pensar, a inteligência suprema que jaz silenciosa e sempre presente no interior do homem.

Foi-Ihes ensinado que vocês nasceram apenas para viver em um momento do tempo, para envelhecer e então morrer. Por acreditarem que era verdade, isso realmente se tornou a realidade de sua vida sobre este plano.

Mas eu estou aqui para ajudá-los a perceber que na verdade vocês são uma essência contínua e imortal que tem vivido há bilhões de anos – desde que Deus, seu amado Pai, a totalidade do pensamento, contemplou a si mesmo no brilho da luz, que cada um de vocês se tornou.

Foi quando cada um de vocês veio a ser único, soberano e uma parte eterna da Mente de Deus.

Foi-lhes ensinado que Deus é uma entidade singular que, com suas mãos, fez o céu e a terra e então criou a criatura viva chamada homem. Mas são vocês, os possuidores da inteligência divina e do livre-arbítrio, que são os grandes criadores de toda a vida.

São vocês que criaram o sol da manhã, o céu da tarde e o encanto de todas as coisas que existem.

São vocês que na verdade criaram a criatura notável chamada homem de modo que vocês, que eram luzes brilhantes no vazio do espaço, pudessem experienciar toda a maravilha de suas formas criadas.

Meus amados irmãos, a compreensão de quem é cada um de vocês constitui na verdade uma série de ilusões que vocês têm vivido por milhares de anos.

Vocês são mais do que meramente humanos. São muito, muito maiores do que a criatura limitada chamada homem.

Vocês são Deus.

Vocês sempre foram; sempre serão.

São os grandes criadores imortais que têm vivido aqui, vida após vida, para atingir essa grande compreensão que vocês permitiram que lhes fosse tirada (esquecida).

Todos vocês são o próprio Deus criado de si mesmo.

Vocês são deuses criados por Deus, primeira e única criação direta da Fonte de toda a vida.

Em suas aventuras na exploração da vida, vocês integraram sua suprema inteligência com a matéria celular para tornarem-se Deus-homem: a Mente de Deus expressando-se na forma chamada humanidade; Deus vivendo no maravilhamento de sua própria criação, denominada homem.

Homens, mulheres, humanidade, são na verdade Deus, esplendidamente disfarçados de entidades limitadas e infelizes.

Quem é você? Por que está aqui?

Qual o seu propósito e seu destino? Você pensa que você é meramente fruto da coincidência, nascido para viver um punhado de tempo e depois não existir mais ?

Realmente ?

O que faz você pensar que não viveu antes? Por que agora? E por que você?

Você viveu sobre este plano milhares de vidas e você veio e foi como um vento instável.

Você viveu cada rosto, cada cor, cada credo, cada religião. Você guerreou e guerrearam com você. Você foi rei e servo. Foi marinheiro e capitão. Foi conquistador e conquistado.

Você foi tudo que existe em todas as suas compreensões históricas. Por quê?

Para o propósito do sentimento, para o propósito da sabedoria, para o propósito de identificar o maior mistério de todos os tempos – você!

De onde você pensa que veio? Pensa que é simplesmente um amontoado desprezível de massa celular que evoluiu a partir de uma única célula?

Então quem é que escuta tão atentamente por detrás de seus olhos? Qual é a essência que lhe dá sua unicidade e personalidade, seu caráter e seu "tempero", sua capacidade para amar, para abraçar, para ter esperança, para sonhar, e o poder de criar?

E onde você acumula toda a inteligência, todo o conhecimento, toda a sabedoria que manifesta, mesmo quando é uma criancinha? Você pensa que se tornou o que é foi meramente em uma vida, e que é apenas um sopro na eternidade?

Tudo o que você é, você se tornou na vastidão do tempo ao viver vida após vida. E de cada uma dessas experiências de vida, você conquistou a sabedoria que ajudou a formular a unicidade e a beleza chamada você.

Você não tem preço, é belo demais para ter sido criado por apenas em um momento delimitado na eternidade do tempo.

Você pensa que seus pais o criaram? Eles são seus pais genéticos, porém não criaram você. Numa compreensão mais ampla, eles são seus irmãos amados – e você é na verdade tão velho quanto eles, pois todas as entidades foram criadas no mesmo momento.

Todas nasceram quando Deus, o grande e magnífico pensamento, contemplou e expandiu a si mesmo na resplandecência da luz.

Foi aí que você veio a existir; foi quando você nasceu.

Seu verdadeiro pai é Deus, o Princípio Mãe-Pai de toda vida.

Você pensa que seu corpo é você? Não é.

Seu corpo é apenas um disfarce que representa a essência invisível que é sua verdadeira identidade: a série de sentimentos-atitudes, chamada seu ser-personalidade, que está dentro de sua incorporação. Pondere isso por um momento, O que você ama em outra entidade?

É o corpo? não, não é.

É a essência do outro que você ama, o ser-personalidade invisível que jaz por detrás dos olhos.

O que você ama no outro é a essência invisível que faz o corpo funcionar – que faz os olhos cintilarem, que torna a voz melodiosa, que faz o cabelo brilhar e as mãos terem tato.

Seu corpo é na verdade uma máquina maravilhosa e refinada, mas não é nada sem aquilo que o faz funcionar, que é você.

O que você é não é sua corporificação, mas uma série de pensamentos ou sentimentos-atitudes que se apresentam como um ser-personalidade único.

E você alguma vez já viu seus pensamentos? Você já viu sua personalidade? E quanto ao seu riso – você pode ouvi-lo sem seu corpo?

Você não concebe quão grande você realmente é, porque o que você é realmente é tão invisível quanto o vento. Do mesmo modo que eu sou um enigma para você, você o é para si mesmo – o maior de todos os enigmas.

Você sabe o que é, sem seu fingimento? Sem as máscaras que usa? Sem sua armadura de coração endurecido?

No âmago do seu ser, você é na verdade Deus.

Deus, o grande mistério da humanidade, nunca esteve fora de você.

Pois o que está por detrás de seus olhos, por baixo de sua fina roupa de linho, para além da ilusão de sua face, é a virtude invisível do pensamento chamada Deus: o ser-personalidade que faz você ser você.

O Deus dentro de você é a inteligência sublime que lhe dá crédito e poder de criar.

É a maravilhosa força-vida que mantém sua vida para sempre e sempre e sempre.

O corpo que você habita é uma criação magnífica de deus – você e seus irmãos amados. Ele foi criado de maneira tal que você, uma essência invisível de pensamento e emoção, pudesse interagir com a vida que você criou sobre este plano.

A criatura chamada homem foi criada simplesmente como um veículo através do qual Deus pudesse expressar-se – de tal modo que, através dos sentidos da incorporação, todas as criações sobre este plano pudessem ser experienciadas e compreendidas pelos deuses que as criaram no princípio.

O corpo foi criado para abrigar um sistema elétrico de variáveis de luz extremamente complexo que constituem o verdadeiro ser-entidade.

O que você realmente é não é o tamanho de seu corpo.

Você é uma pequena centelha de luz! Na pequenez de seu ser está coletado tudo que você já foi desde que nasceu de Deus, seu Pai amado.

Você, o princípio-Deus, não é uma entidade de carne e osso.

Você é uma energia de princípio de luz circular, chamejante e pura vivendo dentro de um corpo para obter o presente da vida criativa chamado emoção.
O que você verdadeiramente é, é aquilo que você habita; é o que você sente. Você é conhecido por suas emoções, não por seu corpo.

O que você é realmente, é espírito e alma, uma entidade de luz e uma entidade emocional combinadas.

Seu espírito – esse pequeno ponto de luz envolve todas as estruturas moleculares de corpo; portanto, ele abriga e suporta a massa de sua corporificação. Sua alma jaz dentro da ti, próxima de seu coração, numa cavidade sob um escudo de ossos onde nada existe exceto energia elétrica.

Sua alma grava e armazena – sob a forma de emoção – cada pensamento que você já formulou. É devido à coletividade única de emoções armazenadas dentro de sua alma que você tem um ego-identidade ou ser-personalidade único.

O corpo que você habita é simplesmente uma carruagem, um veículo escolhido e refinado que lhe permite viver e brincar sobre o plano da matéria. Todavia, através de seu veículo você imergiu na ilusão de que seu corpo é quem você é.

Ele não é. Assim como Deus não tem imagem, você também não tem.

Ramtha,
através de ]. Z. Knight

Todo amor,
Fran

Anúncios
Esse post foi publicado em REFLEXÃO. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s